Para abordar a questão do desarmamento um dos convidados é o sociólogo e jornalista Antonio Rangel, coordenador do Programa de Controle de Armas de Fogo do movimento Viva Rio. O outro, é Jairo Paes de Lira, coronel da Polícia Militar do Estado de São Paulo e porta voz da Pela Legítima Defesa

Parabéns Coronel.

Diogo Waki
Coordenador Paulista da Legítima Defesa

Trackback

10 comments untill now

  1. Sandro Couto @ 2013-02-09 03:35

    Parabéns Coronel,
    Realmente, ele não teve argumentos. Ele tentou colocar-lhe a imagem de intolerante, porém que se mostrou inseguro, intolerante e pouco preparado, repetindo várias vezes do tal decreto do Obama, sem concluir nada. Que bom que nós temos uma pessoa preparada como o Sr. para defender nosso direito à legítima defesa.

  2. Carlos F Paula @ 2013-02-09 18:25

    Mais uma vez vemos, frente à frente, a hipocrisia governamental, oriunda de uma ONG mais que suspeita, e que até mantinha em seus quadros um traficante de armas de uma favela, e o lado esclarecido e sereno de um homem da lei, um policial de folha limpa que deveria estar, pela lógica, até a favor do desarmamento. Segundo o Rangel, 650.000 retiradas de circulação, mais de 70% delas obsoletas, velhas e enferrujadas, e de que nada serviram para melhorar a segurança de um pobre país, entregue à um governo cego e surdo, incapaz de tomar as rédeas e resolver de vez uma situação de caos incontrolável.

  3. parabens coronel !!! , mostrou que sobre fatos nao ha argumento , a apresentadora nao deu credibilidade a esse outrozinho ai , muito bom !!! deu de lavada no idiota ai .

  4. Nonato Melo @ 2013-03-03 13:58

    Parabéns ao Cl Pais de Lira pelo brilhantismo dos argumentos feitos nesse debate. Esse sociólogo aí,sempre vem com a mesma cantinela.Vive pondo a culpa no instrumento,como se as pessoas fossem um bando de idiotas. A arma tanto serve de ataque quanto de defesa, dependendo de quem a usa. Se arma não service para defesa, a primeira pessoa a dar o exemplo seria a Presidenta Dilma,desarmando seus seguranças. A falta de lógica desse desarmamento é uma só, dois pesos e duas medidas. Desarmam-se os cidadãos de bem e só ficam armados, o rei e seus discípulos, e por tabela, os bandidos.

  5. Cilas Celestino @ 2013-03-09 03:22

    Oque eu observei é que foi tirado do coronel Paes de Lira um tempo precioso para suas colocações e ao tal rangel dado toda a liberdade de contar suas mentiras inclusive finalizar o programa. Imperou o tendenciosismo a favor do desarmamentista.

  6. Cilas Celestino @ 2013-03-10 10:29

    Oque venho pedir, como membro da legítima defesa, é que os que nos representam, quando forem a debates com esses hipócritas, façam valer seu direito ou se retirem; impressionante como a apresentadora não permitiu sequer, dentro do tempo destinado ao Cel. Paes de Lira que este dissésse que as armas fabricadas aqui defendem os cidadãos nos Estados Unidos e voltou a oportunidade novamente ao desarmamentista que finalizou o programa.Oque observo em todas essas entrevistas são especialóides chupadores do dinheiro público citando estudos sem citar a fonte, coisas que saem da cabeça deles. Esse tal Antonio Rangel citou seu livro e disse que estuda sobre desarmamento a 14 anos e daí? que peso tem estar num gabinete, com ar condicionado, ganhando altíssimos salários para falar bobagens em defesa dessa lei imoral? Ele estudou, o Cel Paes de lira viveu a realidade das ruas, de cara com a violência, tendo que reagir a bala para salvar a vida de seus companheiros de tropa e de cidadãos; não é um janota que nasceu em berço de ouro e sempre desfrutou do melhor que o dinheiro pode pagar, indo à nossas custas a países que não dão a mínima para oque ele afirma, aliás, Ele deve ser muito indesejado nos Estados Unidos, primeiro por ser um latino intrometido e depois por ir até lá falar em proibição e controle de armas. A realidade do Brasil não é aplicável e muito menos comparativa com quaisquer realidades de outras nações em todo o planeta. Nem em países em guerra ou Estado de sítio, bandidos implodem caixas eletrônicos à luz do dia, isso só ocorre no BRASIL! e às barbas de uma polícia mal paga, mal treinada, e mal remunerada.

  7. Os representantes de ONGs que defendem o desarmamento aprenderam como excelentes papagaios de pirata que são oque ouviram nas reuniões realizadas na O.N.U, EUA: “Armas são excelentes instrumentos de ataque e péssimos instrumentos de defesa”. Sim, correto, de ataque aos bandidos quando tentarem entrar em nossas residências ou será que só os bandidos têm direito a atacar os cidadãos ordeiros e PAGADORES DE IMPOSTOS? Queremos o nosso direito de atacar os bandidos quando ainda estão pulando nosso muro e quando não podem reagir com o alegado “elemento surpresa” que tanto os desarmamentistas usam para justificar as idiotices que despejam em nossos ouvidos. Não basta impedir o assalto a nossos domicílios, é preciso impedir a violação dos mesmo e para tanto se faz necessário o direito ao extermínio daqueles que tentam invadir nossa propriedade, já que não pode, em hipótese nenhuma, estar bem intencionado quem viola a sacralidade do sepulcro da cidadania, o domicílio.

  8. Apresentadora mais que parcial!
    Ela deu muito mais tempo para as respostas do sociologo que tem sua ong financiada pelo governo do pt.
    PARABÉNS CORONEL! ESTAMOS JUNTOS!
    Queremos ter o direito de escolha. Não podemos continuar sendo vítimas passivas deste verdadeiro exercito de bandidos que tem tomado conta do nosso país.

  9. Nonato Melo @ 2013-08-18 19:00

    Parabéns ao Cel
    Paes de Lira pelos excelentes argumentos,os quais desmascararam esse Sociólogo irresponsável.Não há argumentos desmedidos como os desse Sociólogo que encubram os verdadeiros fatos. Falar em desarmamento de uma sociedade,sem medir as consequências, é coisa para gente que não tem nada na cabeça.

  10. Ouvir o Rangel falar e o mesmo que meter a cabeca no vaso sanitario. Esse senhor so sabe gastar o tempo de debate falando asneiras

Add your comment now


− 3 = zero