Prezado Sr.

CAMPANHA URGENTE!

Solicitamos a V. Sa. o envio de uma mensagem aos Nobres Deputados abaixo, solicitando que analisem a proposta de substitutivo ou emenda ao PL 3722/2012 que se encontra na Comissão de Relação Exteriores e de Defesa Nacional – CREDN, sugestão essa encaminhada pela Coalizão Pela Legítima Defesa www.pelalegitimadefesa.org.br em 29/10/2013, cujo relatório apresentado pelo Dep. Claudio Cajado, se aprovado, criará mais dificuldades ao cidadão honesto que tenha ou que pretenda ter legalmente uma arma de fogo para defesa do que a draconiana Lei 10826/2003 (Estatuto do Desarmamento), relatório esse que se distancia ainda mais da decisão da população tomada no Referendo de 2005.

Informamos que os Deputados abaixo indicados são favoráveis à mudança da lei vigente, os quais podem propor alterações.

Deputado Nelson Marquezelli (PTB-SP)

dep.nelsonmarquezelli@camara.leg.br

Fone (61) 3215-5920 – Fax (61) 3215-2920

Ou no Fale com o Deputado no link abaixo

http://www.camara.leg.br/Internet/deputado/Dep_Detalhe.asp?id=523597

Deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ)

dep.jairbolsonaro@camara.leg.br

Fone (61) 3215-5482 – Fax (61) 3215-2482/fax

Ou no Fale com o Deputado no link abaixo

http://www.camara.leg.br/Internet/deputado/Dep_Detalhe.asp?id=522255

Deputado Gonzaga Patriota (PSB-PE)

dep.gonzagapatriota@camara.leg.br

Fone (61) 3215-5430 – Fax (61) 3215-2430

Ou no Fale com o Deputado no link abaixo

http://www.camara.leg.br/Internet/deputado/Dep_Detalhe.asp?id=521901

Assim, segue abaixo um modelo de mensagem, caso não prefira escrever a própria.

José Luiz de Sanctis

Coord. Nacional

Exmo. Sr. Deputado.

Solicito V. Exa. especial atenção à sugestão de substitutivo ou emenda ao PL 3722/2012 que se encontra na Comissão de Relação Exteriores e de Defesa Nacional – CREDN, sugestão essa encaminhada pela Coalizão Pela Legítima Defesa www.pelalegitimadefesa.org.br , cujo relatório apresentado pelo Dep. Claudio Cajado, se aprovado, criará mais dificuldades ao cidadão honesto que tenha ou que pretenda ter legalmente uma arma de fogo para defesa do que a draconiana Lei 10826/2003 (Estatuto do Desarmamento), relatório esse que se distancia ainda mais da decisão da população tomada no Referendo de 2005.

Esperando contar com sua atenção, antecipadamente agradeço.

,
Trackback

47 comments untill now

  1. Marcos Coimbra @ 2013-10-29 20:09

    OS NOVOS PALADINOS DOS HOPLÓFOBOS
    Artigo publicado no Vila em Foco em julho de 2001
    Prof. Marcos Coimbra
    Professor Titular de Economia na Universidade Candido Mendes, Professor na UERJ e Conselheiro da ESG
    Conforme publicamos neste jornal, em abril, o paladino dos hoplófobos (pessoas que possuem aversão às armas) era o ex-senador José Roberto Arruda. Agora, ele é substituído no Senado pelo “collorido” senador Renan Calheiros. No Estado do Rio de Janeiro, o representante é o governador Anthony Garotinho, candidato à presidência da República. Além de não governar o Estado a contento, pois reina o caos, em especial na infra-estrura social, de acordo com reportagem publicada em jornal de grande circulação, no dia 24.06, mostrando a triste situação da saúde pública, a exemplo do que ocorre na educação pública e na segurança pública, ainda lidera o triste episódio circense de destruição de quase 100.000 armas de fogo, no Aterro do Flamengo, no mesmo dia em que manda publicar no mesmo jornal um artigo com o título “Rio sem armas”. No citado artigo declara que “a construção de uma sociedade melhor passa pelo fim da violência e o desarmamento dos cidadãos”. Atira no alvo errado, pois deveria desarmar os marginais que assaltam, estupram e matam os cidadãos que pagam impostos e elegem seus representantes. Mas, pelo menos, tem a sinceridade de não enganar ninguém neste episódio. É o primeiro hoplófobo que declara publicamente desejar tirar do cidadão a possibilidade de defesa, seguindo a orientação do exterior, liderada aparentemente pela ONU, e no Brasil, pelo Viva Rio.
    O povo até acreditaria nas boas intenções do Garotinho , caso ele e seus familiares não andassem sob a guarda de ferozes seguranças armados, em todos os instantes. E seus auxiliares, como o atual secretário de Segurança, também. É fácil dizer: “faça o que digo, mas não o que faço”. Defendem a tese de que o cidadão é o otário, destinado a ser explorado não só pelos tributos extorsivos, como também pelos bandidos, sem direito à defesa. Inclusive um dirigente do Viva Rio afirma que a solução é não reagir e ficar a mercê dos marginais. Agora, eles podem continuar armados com metralhadoras, lança-granadas, enfim, armas de guerra nem possuídas pelo Exército Brasileiro, sem serem incomodados.
    O ministro da Justiça, Sr. José Gregori, já tinha anunciado que o Viva Rio seria encarregada de elaboração de um projeto para orientar a nova política de segurança pública do governo federal, “uma doutrina de segurança cidadã para ocupar o vazio que existe desde a doutrina da segurança nacional do governo militar. A ONG Viva Rio, patrocinada pelas Fundações Rockefeller, Brascan, Kellog, Vitae e Roberto Marinho, fundada em maio/93, com a presença, dentre outros, do então chanceler FHC e do banqueiro David Rockefeller, é filiada à IANSA-International Action Network of Small Arms (Rede de Ação Internacional de Armas Pequenas), um conjunto de 186 ONGs , fundada em maio/99, criada com o objetivo de atuar como uma central de coordenação da campanha internacional de desarmamento, para permitir a implantação de um governo mundial, que atuaria com a utilização de uma força de paz das Nações Unidas, sob o comando dos “donos do mundo”. É importante relembrar que, além do desarmamento da população (não dos bandidos), o plano prevê o desmantelamento das Forças Armadas Nacionais, bem como a proibição de seu restabelecimento, a eliminação de todos os armamentos dos arsenais nacionais e a proibição da fabricação de armamentos. Os idealizadores do plano fascista alertam ainda que “deve ser reconhecida que mesmo com a eliminação completa de todas as forças militares, restariam necessariamente forças policiais internas substanciais, embora estritamente limitadas, e que estas forças policiais, suplementadas por civis armados com rifles esportivos e armas de caça, poderiam, concebivelmente, constituir uma séria ameaça a um país vizinho na ausência de uma polícia mundial bem disciplinada e pesadamente armada”.
    É este o verdadeiro objetivo dos formuladores de mais um plano diabólico, com a cumplicidade de sicários ou de inocentes úteis: desarmar o povo brasileiro, para mais facilmente escravizá-lo. Eles não estão preocupados com o controle da violência, pois advogam a tese do direito penal mínimo, sendo partidários da tese da libertação antecipada de criminosos, inclusive de autores de crimes hediondos, como o terrorismo e o seqüestro. E a secretaria geral do ministério da Justiça é,” por coincidência” , a Sra. Elisabeth Sussekind, braço direito do Sr. Rubem César Fernandes, aparente responsável pela ONG Viva Rio.
    A primeira tentativa de FHC, enviada ao Congresso, era tão ridícula que nem os amestrados integrantes da base governamental ousaram tentar aprová-la. O próprio relator manifestou-se inteiramente contrário à sua aprovação, informando ainda que, no Brasil, existiriam cerca de 2.500.000 armas legalizadas e 18.500.000 ilegais. Por que não aplicar a lei existente, procurando inicialmente desarmar os bandidos, para depois legalizar as armas não registradas pertencentes a cidadãos honestos, impondo medidas mais severas para o controle do porte, como aliás já é feito pela polícia federal? Segundo o jurista Marcio Thomaz Bastos, ex-presidente da OAB, com o desarmamento civil, o que se pretende é privar a população do seu legítimo direito à autodefesa, um verdadeiro atentado a um princípio consagrado pela lei natural. Esta ação assume um caráter mais grave em função da crescente deterioração das condições de vida e segurança pública nos grandes centros urbanos do país.
    Conclamamos todos os cidadãos possuidores, legalmente, de armas de fogo a entrar na Justiça com ação cautelar contra esta tresloucada iniciativa, inclusive responsabilizando individualmente os irresponsáveis autores do plano ,por qualquer dano a qualquer cidadão, em caso de sua aprovação, por impossibilitá-los do direito constitucional de legítima defesa, sem prejuízo de outras ações a serem adotadas posteriormente, de acordo com o desenrolar dos acontecimentos, inclusive com a não entrega de suas armas aos agentes do arbítrio. Será que a atual administração FHC tem coragem de colocar na cadeia 2.500.000 proprietários legais de armas de fogo?
    Temos o direito e o dever de defender nossas vidas, nossas famílias e nossa Pátria dos vendilhões e traidores. Será que os integrantes da verdadeira
    oposição vão ser iludidos com esta manobra grotesca e primária, apoiando os marginais, que continuarão armados, e não os direitos humanos dos cidadãos?
    Correio eletrônico: mcoimbra@antares.com.br
    Site: http://www.brasilsoberano.com.br

  2. Sukhoi Berkut @ 2013-10-29 22:26

    PARA QUEM DESEJAR COPIAR, SEGUE A CARTINHA QUE ENVIEI:

    Assunto: Desarmamento dos honestos e a profecia do Fado Tropical

    Exmo. Sr. Deputado.

    Solicito a V. Exa. especial atenção à sugestão de substitutivo ou emenda ao PL 3722/2012 que se encontra na Comissão de Relação Exteriores e de Defesa Nacional – CREDN, sugestão essa encaminhada pela Coalizão Pela Legítima Defesa http://www.pelalegitimadefesa.org.br , pois o relatório apresentado pelo Dep. Claudio Cajado, se aprovado, criará mais dificuldades ao cidadão honesto que tenha ou que pretenda ter legalmente uma arma de fogo para defesa, do que a draconiana Lei 10826/2003 (Estatuto do Desarmamento) já criou. Esse que se distancia ainda mais da decisão da população tomada no Referendo de 2005.

    Gostaria ainda de lembrar que por ocasião do plebiscito a população decidiu de forma soberana e definitiva que deve ser garantido o direito das pessoas honestas possuírem e portarem armas de fogo para legítima defesa. Essa decisão e direitos estão sendo sistematicamente violados por uma torrente de atos governamentais arbitrários apoiados por um Congresso submisso e desorientado, e implementados por uma Polícia Federal controlada por corruptos e serviçais de governos estrangeiros, especialmente daquele paizinho perverso do oriente médio. É a polícia mais corrupta do mundo, conforme denunciou o ex-diretor do FBI no Brasil, Carlos Costa, e ficou bem caracterizado na compra, há poucos anos, de veículos aéreos não tripulados a preços 100 vezes acima dos praticados no mercado. Comprados de quem? Israel, é claro, e com dispensa de licitação. É essa polícia que vai nos defender dos bandidos?

    E a deputada Maria do Rosário, que chorou pela morte de um criminoso, mas não teve a mesma sensibilidade para com as vítimas do mesmo bandido? E as matérias jornalísticas que o governo paga para irem ao ar diariamente nos telejornais entrevistando “especialistas” dizendo que as pessoas não devem reagir quando atacadas por criminosos? Quantas pessoas já morreram seguindo os conselhos desses “especialistas”? Quem é responsável por estes assassinatos? Só os criminosos? Não, os ilustres senhores Deputados, ao chancelar todas estas aberrações, se tornaram co-autores desses homicídios!

    Desarmamento dos honestos é sinônimo de falta de segurança. O país onde as pessoas são as mais armadas do mundo é também o mais seguro dentre todos: a Suíça, onde o governo fornece as armas, munição e manutenção para as mesmas, inclusive e principalmente fuzis, de graça. E quando a munição vence, o governo repõe, também gratuitamente. E falo com pleno conhecimento de causa, pois já residi na Suíça.

    Não me diga que o objetivo é desarmar os bandidos, pois esses, caso os Senhores não saibam, não costumam seguir as leis. E não será esta do desarmamento que eles irão seguir.

    Eu gostaria que os senhores Deputados fizessem aquilo para o qual recebem salário, ou seja, defender os interesses das pessoas honestas, mas sei que isso não vai acontecer. O descaminho do servilismo a interesses impublicáveis é mais fácil e lucrativo. Depois não reclamem dos protestos diários nas grandes cidades e do surgimento de organizações como o Black Bloc.
    É a resposta da sociedade. Uma resposta que cada vez seja mais forte! E não se pode descartar que evolua para guerrilha armada. Sim, talvez os senhores e sua histeria para desarmar as pessoas honestas seja exatamente por medo que estas pessoas peguem em armas para se defenderem dos abusos diários perpetrados pelos criminosos encastelados no poder.

    Com atitudes como as vistas diariamente nos vários poderes, legislativo, executivo e judiciário, os ilustres senhores realizaram a profecia cantada por Chico Buarque, em Fado Tropical: o Brasil se tornou “um imenso Portugal”.

    Esperando contar com sua atenção e resposta à minha indignação, antecipadamente agradeço.

  3. fernando almeida da silva @ 2013-10-29 22:39

    Srs Deputados não permitam que o cidadão de bem seja empurrado para a ilegalidade ,para poder exercer o legítimo direito de defesa própria e de terceiros , como preconiza o Código Penal !!!!!!!!!

  4. Arnaldo Vilhena @ 2013-10-29 23:12

    Absurdo dos absurdos!!!!!!!!!!! Esse homem é louco!!!

  5. Sr. Deputado,

    Vamos repudiar essa emenda.

    Att.

    Agostinho

  6. Rafael Bulgari Borges @ 2013-10-30 02:42

    Sou favorável à proposta do grupo PelaLegítimaDefesa, onde também sou favorável à liberação integral da liberdade de porte de armas de fogo em prol da defesa pessoal, já que as políticas de segurança geridas pelo governo não atendem às demandas.

  7. José Jorge Alves Tavares Junior @ 2013-10-30 05:17

    Do jeito que as coisas estão, daqui a pouco as pessoas honestas terão a obrigação de estender um tapete vermelho para os criminosos que resolverem lhes “dar a honra” de visitar suas casas.

  8. José Cláuzio Machado @ 2013-10-30 06:55

    Por favor votem contra. A legítima defesa é direito constitucional.

  9. Tadeu Duarte Lima @ 2013-10-30 07:54

    É uma falta de respeito para com o cidadão que quer trabalhar e manter a dignidade de sua família e não pode contar com

  10. walter Hoeller de Souza @ 2013-10-30 07:58

    Exmo. Sr. Deputado.
    Solicito V. Exa. especial atenção à sugestão de substitutivo ou emenda ao PL 3722/2012 que se encontra na Comissão de Relação Exteriores e de Defesa Nacional – CREDN, sugestão essa encaminhada pela Coalizão Pela Legítima Defesa http://www.pelalegitimadefesa.org.br , cujo relatório apresentado pelo Dep. Claudio Cajado, se aprovado, criará mais dificuldades ao cidadão honesto que tenha ou que pretenda ter legalmente uma arma de fogo para defesa, do que a draconiana Lei 10826/2003 (Estatuto do Desarmamento), relatório esse que se distancia ainda mais da decisão da população tomada no Referendo de 2005.

  11. Agapito Costa @ 2013-10-30 08:14

    Arma de brinquedo
    Sou convicto em minhas opiniões no que tange à armas, tanto de brinquedo quanto reais.
    Portanto, vejo como um absurdo privarem nossas crianças da livre escolha de seus brinquedos.
    Que conseqüências trarão a nossas crianças se não poderem escolher os brinquedos de suas preferências? Nos locais mais pobres as crianças criam réplicas de armas que vão de aviões de combate, espadas, arcos, flechas, etc.
    Tem que haver sim, educação, orientação por parte de psicólogos, não proibição, uma vez que a arma representa para uma criança a forma de enfrentar o medo e a insegurança.
    Quais serão as consequências que trarão para o futuro, desta e outras gerações?
    Se os mentores deste absurdo não são capazes de responder ou serem responsabilizados pelas conseqüências, então mais uma lei não será cumprida.
    Na contramão, o governo gasta milhões em propaganda estimulando os jovens a prestarem o serviço militar. Quem não tem vocação para as armas será um militar?
    Agapito Costa

  12. José Luiz de Sanctis @ 2013-10-30 08:59

    Dentre as propostas constantes no relatório Cajado, um dos retrocessos é a limitação a Magistrados e Membros do Ministério Público ao porte de arma apenas em calibre não restrito, retirando o direito que hoje possuem de porte de armas calibre .40.

  13. George Meireles @ 2013-10-30 09:22

    Exmo. Sr. Deputado.
    Solicito V. Exa. especial atenção à sugestão de substitutivo ou emenda ao PL 3722/2012 que se encontra na Comissão de Relação Exteriores e de Defesa Nacional – CREDN, sugestão essa encaminhada pela Coalizão Pela Legítima Defesa http://www.pelalegitimadefesa.org.br , cujo relatório apresentado pelo Dep. Claudio Cajado, se aprovado, criará mais dificuldades ao cidadão honesto que tenha ou que pretenda ter legalmente uma arma de fogo para defesa, do que a draconiana Lei 10826/2003 (Estatuto do Desarmamento), relatório esse que se distancia ainda mais da decisão da população tomada no Referendo de 2005.
    Esperando contar com sua atenção, antecipadamente agradeço.

  14. Waldeir Inacio @ 2013-10-30 09:27

    José Luiz de Sanctis

    Coord. Nacional

    Exmo. Sr. Deputado.

    Solicito V. Exa. especial atenção à sugestão de substitutivo ou emenda ao PL 3722/2012 que se encontra na Comissão de Relação Exteriores e de Defesa Nacional – CREDN, sugestão essa encaminhada pela Coalizão Pela Legítima Defesa http://www.pelalegitimadefesa.org.br , cujo relatório apresentado pelo Dep. Claudio Cajado, se aprovado, criará mais dificuldades ao cidadão honesto que tenha ou que pretenda ter legalmente uma arma de fogo para defesa, do que a draconiana Lei 10826/2003 (Estatuto do Desarmamento), relatório esse que se distancia ainda mais da decisão da população tomada no Referendo de 2005.

    Esperando contar com sua atenção, antecipadamente agradeço.

  15. Já enviei aos 3 Deputados.

  16. Nilo Fujimoto @ 2013-10-30 10:30

    Cumpri com meu dever para o estabelecimento da paz, enviei as solicitação. Parabéns pela campanha.

  17. Jorge E. Moreira @ 2013-10-30 10:34

    Texto enviado:
    Exmos. Sres. Deputados.
    Solicito Vs. Exas. especial atenção à sugestão de substitutivo ou emenda ao PL 3722/2012 que se encontra na Comissão de Relação Exteriores e de Defesa Nacional – CREDN, sugestão essa encaminhada pela Coalizão Pela Legítima Defesa http://www.pelalegitimadefesa.org.br. O relatório apresentado pelo Dep. Claudio Cajado, se aprovado, criará mais dificuldades ainda ao cidadão honesto que tenha ou que pretenda ter legalmente uma arma de fogo para defesa ou esportes, do que as estabeçlecidas pela Lei 10826/2003 (Estatuto do Desarmamento). O relatório do Dep. Cajado distancia ainda mais a decisão da população tomada no Referendo de 2005.
    Esperando contar com sua atenção, antecipadamente agradeço,

    Jorge E. Moreira

    Prof. Dr. Jorge E. Moreira (cello@fmrp.usp.br)
    Laboratório de Estrutura Sináptica
    Departamento de Biologia Celular e Molecular
    Departamento de Neurociências e Ciências do Comportamento
    Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
    Universidade de São Paulo
    Av. Bandeirantes 3900
    14040-260 Ribeirão Preto, SP
    Brasil
    55(16) 3602-3284 (sala)/3602-0231(lab)

  18. Norton Seng @ 2013-10-30 10:40

    Uma estatística irrefutável: os países mais bem armados, como, por exemplo, é o caso da Suíça, são os que apresentam as menores taxas de violências e de assassinatos. E por que proibir o cidadão de bem de ter armas para o caso de sua defesa pessoal e de sua família?

  19. José Luiz de Sanctis
    Coord. Nacional
    Exmo. Sr. Deputado.
    Solicito V. Exa. especial atenção à sugestão de substitutivo ou emenda ao PL 3722/2012 que se encontra na Comissão de Relação Exteriores e de Defesa Nacional – CREDN, sugestão essa encaminhada pela Coalizão Pela Legítima Defesa http://www.pelalegitimadefesa.org.br , cujo relatório apresentado pelo Dep. Claudio Cajado, se aprovado, criará mais dificuldades ao cidadão honesto que tenha ou que pretenda ter legalmente uma arma de fogo para defesa, do que a draconiana Lei 10826/2003 (Estatuto do Desarmamento), relatório esse que se distancia ainda mais da decisão da população tomada no Referendo de 2005.
    Esperando contar com sua atenção, antecipadamente agradeço.
    Gabriel Marquez

  20. Exmo. Sr. Deputado.

    Solicito V. Exa. especial atenção à sugestão de substitutivo ou emenda ao PL 3722/2012 que se encontra na Comissão de Relação Exteriores e de Defesa Nacional – CREDN, sugestão essa encaminhada pela Coalizão Pela Legítima Defesa http://www.pelalegitimadefesa.org.br , cujo relatório apresentado pelo Dep. Claudio Cajado, se aprovado, criará mais dificuldades ao cidadão honesto que tenha ou que pretenda ter legalmente uma arma de fogo para defesa, do que a draconiana Lei 10826/2003 (Estatuto do Desarmamento), relatório esse que se distancia ainda mais da decisão da população tomada no Referendo de 2005.

    Esperando contar com sua atenção, antecipadamente agradeço.

    Hayley Rosana Barros

  21. Ivan Pacheco @ 2013-10-30 13:46

    Exmo. Sr. Deputado.Solicito V. Exa. especial atenção à sugestão de substitutivo ou emenda ao PL 3722/2012 que se encontra na Comissão de Relação Exteriores e de Defesa Nacional – CREDN, sugestão essa encaminhada pela Coalizão Pela Legítima Defesa http://www.pelalegitimadefesa.org.br , cujo relatório apresentado pelo Dep. Claudio Cajado, se aprovado, criará mais dificuldades ao cidadão honesto que tenha ou que pretenda ter legalmente uma arma de fogo para defesa, do que a draconiana Lei 10826/2003 (Estatuto do Desarmamento), relatório esse que se distancia ainda mais da decisão da população tomada no Referendo de 2005. Esperando contar com sua atenção, antecipadamente agradeço.

  22. GILBERTO BRERVES @ 2013-10-30 14:01

    O desarmamento de cidadãos honesto só serviu para, causar O PANICO QUE VIVEMOS NAS RUAS HOJE EM DIA, todos sabem que os honestos não tem uma arma em casa se que quer para se defender, e vemos o resultado de lojas saqueadas veículos queimados e roubados na frente das câmeras e do poder publico, e não vemos nada acontecer. Vamos lutar para que possamos ter o direito de nos armar e defender nosso maior patrimônio ou seja nossos familiares, bandidos não precisam ir a uma loja de armas para se comprar uma arma eles compram as melhores armas que vem de fora.

  23. Cícero da Silva de Carvalho Pereira @ 2013-10-30 14:02

    Solicito atenção de vvss.para os estado crescente de violência ,onde cidadãos honestos. São tratados como patinhos de tiro ao alvo em parques de diversão .

  24. Gelbo Pereira da Silva @ 2013-10-30 15:39

    Exmo. Sr. Deputado.
    Solicito V. Exa. especial atenção à sugestão de substitutivo ou emenda ao PL 3722/2012 que se encontra na Comissão de Relação Exteriores e de Defesa Nacional – CREDN, sugestão essa encaminhada pela Coalizão Pela Legítima Defesa http://www.pelalegitimadefesa.org.br , cujo relatório apresentado pelo Dep. Claudio Cajado, se aprovado, criará mais dificuldades ao cidadão honesto que tenha ou que pretenda ter legalmente uma arma de fogo para defesa, do que a draconiana Lei 10826/2003 (Estatuto do Desarmamento), relatório esse que se distancia ainda mais da decisão da população tomada no Referendo de 2005.
    Esperando contar com sua atenção, antecipadamente agradeço.

    Gelbo Pereira

  25. alexandre fraguglia @ 2013-10-30 15:48

    Exmo. Sr. Deputado.

    Solicito V. Exa. especial atenção à sugestão de substitutivo ou emenda ao PL 3722/2012 que se encontra na Comissão de Relação Exteriores e de Defesa Nacional – CREDN, sugestão essa encaminhada pela Coalizão Pela Legítima Defesa http://www.pelalegitimadefesa.org.br , cujo relatório apresentado pelo Dep. Claudio Cajado, se aprovado, criará mais dificuldades ao cidadão honesto que tenha ou que pretenda ter legalmente uma arma de fogo para defesa, do que a draconiana Lei 10826/2003 (Estatuto do Desarmamento), relatório esse que se distancia ainda mais da decisão da população tomada no Referendo de 2005.

    Esperando contar com sua atenção, antecipadamente agradeço.

    Alexandre Fraguglia

  26. Gilberto Verdesani de Oliveira @ 2013-10-30 17:34

    Sou favorável a que todo cidadão de bem possa vir a possuir uma arma de fogo para sua própria defesa e de seus familiares.

  27. Djalma Magalhães Couto @ 2013-10-30 17:49

    Exmo. Sr. Deputado.
    Solicito V. Exa. especial atenção à sugestão de substitutivo ou emenda ao PL 3722/2012 que se encontra na Comissão de Relação Exteriores e de Defesa Nacional – CREDN, sugestão essa encaminhada pela Coalizão Pela Legítima Defesa http://www.pelalegitimadefesa.org.br , cujo relatório apresentado pelo Dep. Claudio Cajado, se aprovado, criará mais dificuldades ao cidadão honesto que tenha ou que pretenda ter legalmente uma arma de fogo para defesa, do que a draconiana Lei 10826/2003 (Estatuto do Desarmamento), relatório esse que se distancia ainda mais da decisão da população tomada no Referendo de 2005.
    Esperando contar com sua atenção, antecipadamente agradeço.

  28. Gessen P. Borba Filho @ 2013-10-30 18:16

    Todo cidadão Brasileiro deve ter direito a ter uma arma para se defender.

    Essa famigerada que foi criada para desarmar o cidadão de bem.

    Absurdo.

    O cridador desta lei não honha a patria e quem a sancionou não passa de um crápula.

    Mandem-os ao predão e fuzilamento.

  29. Paulo Rogério Salagnac @ 2013-10-30 19:49

    José Luiz de Sanctis

    Coord. Nacional

    Exmo. Sr. Deputado.

    Solicito V. Exa. especial atenção à sugestão de substitutivo ou emenda ao PL 3722/2012 que se encontra na Comissão de Relação Exteriores e de Defesa Nacional – CREDN, sugestão essa encaminhada pela Coalizão Pela Legítima Defesa http://www.pelalegitimadefesa.org.br , cujo relatório apresentado pelo Dep. Claudio Cajado, se aprovado, criará mais dificuldades ao cidadão honesto que tenha ou que pretenda ter legalmente uma arma de fogo para defesa do que a draconiana Lei 10826/2003 (Estatuto do Desarmamento), relatório esse que se distancia ainda mais da decisão da população tomada no Referendo de 2005.

    Esperando contar com sua atenção, antecipadamente agradeço.

  30. Paulo Rogério Salagnac @ 2013-10-30 19:50

    José Luiz de Sanctis

    Coord. Nacional

    Exmo. Sr. Deputado.

    Solicito V. Exa. especial atenção à sugestão de substitutivo ou emenda ao PL 3722/2012 que se encontra na Comissão de Relação Exteriores e de Defesa Nacional – CREDN, sugestão essa encaminhada pela Coalizão Pela Legítima Defesa http://www.pelalegitimadefesa.org.br , cujo relatório apresentado pelo Dep. Claudio Cajado, se aprovado, criará mais dificuldades ao cidadão honesto que tenha ou que pretenda ter legalmente uma arma de fogo para defesa do que a draconiana Lei 10826/2003 (Estatuto do Desarmamento), relatório esse que se distancia ainda mais da decisão da população tomada no Referendo de 2005.

    Esperando contar com sua atenção, antecipadamente agradeço.

  31. Exmo. Sr. Deputado.

    Solicito V. Exa. especial atenção à sugestão de substitutivo ou emenda ao PL 3722/2012 que se encontra na Comissão de Relação Exteriores e de Defesa Nacional – CREDN, sugestão essa encaminhada pela Coalizão Pela Legítima Defesa http://www.pelalegitimadefesa.org.br , cujo relatório apresentado pelo Dep. Claudio Cajado, se aprovado, criará mais dificuldades ao cidadão honesto que tenha ou que pretenda ter legalmente uma arma de fogo para defesa do que a draconiana Lei 10826/2003 (Estatuto do Desarmamento), relatório esse que se distancia ainda mais da decisão da população tomada no Referendo de 2005.

    Esperando contar com sua atenção, antecipadamente agradeço.

  32. Exmo. Sr. Deputado.

    Solicito V. Exa. especial atenção à sugestão de substitutivo ou emenda ao PL 3722/2012 que se encontra na Comissão de Relação Exteriores e de Defesa Nacional – CREDN, sugestão essa encaminhada pela Coalizão Pela Legítima Defesa http://www.pelalegitimadefesa.org.br , cujo relatório apresentado pelo Dep. Claudio Cajado, se aprovado, criará mais dificuldades ao cidadão honesto que tenha ou que pretenda ter legalmente uma arma de fogo para defesa do que a draconiana Lei 10826/2003 (Estatuto do Desarmamento), relatório esse que se distancia ainda mais da decisão da população tomada no Referendo de 2005.

    Esperando contar com sua atenção, antecipadamente agradeço.

  33. Marco Antonio da Silva Rego @ 2013-10-30 20:58

    Sou Membro do Movimento Pela Legítima Defesa e estou solidário com a petição anexa e rogo aos senhores Deputados especial atenção com a matéria em tela.
    OAB/RJ nº 34.472.

  34. Antonio Fernando Camargo @ 2013-10-30 22:46

    Por favor deputados voces são eleitos para proteger o povo, e estão so criando dificuldades para o povo em beneficios dos ladões que não precisam temer homens armados. Possivelmente vai ser criado uma multa para beneficiar mais ainda os maus elementos.

  35. lauro alfredo moesch junior @ 2013-10-31 16:21

    Exmo. Sr. Deputado.

    Solicito V. Exa. especial atenção à sugestão de substitutivo ou emenda ao PL 3722/2012 que se encontra na Comissão de Relação Exteriores e de Defesa Nacional – CREDN, sugestão essa encaminhada pela Coalizão Pela Legítima Defesa http://www.pelalegitimadefesa.org.br , cujo relatório apresentado pelo Dep. Claudio Cajado, se aprovado, criará mais dificuldades ao cidadão honesto que tenha ou que pretenda ter legalmente uma arma de fogo para defesa, do que a draconiana Lei 10826/2003 (Estatuto do Desarmamento), relatório esse que se distancia ainda mais da decisão da população tomada no Referendo de 2005.

    Esperando contar com sua atenção, antecipadamente agradeço.

  36. elias mussi abuid neto @ 2013-11-01 14:23

    simplesmente esse indivíduo é um marginal, bandido e dos piores e dos mais perigosos que existem, pois está exercendo o poder de legislar em nome do Brasil!
    bandido no sentido literal da palavra, por isso o nosso país está nas mãos de assassinos.
    é urgente a necessidade de aprovação de lei para que o povo, de bem, o cidadão trabalhador e honesto brasileiro, possa portar arma de fogo para se defender, dou certeza que a criminalidade vai cair muito.
    só não vê quem não quer e esses políticos vagabundos não querem ver isso.
    tiraram do povo o poder de se defender, mas deram aos traficantes, assassinos, homicidas, estupradores, entre outros bandidos, total e livre poder de agirem, sem nada por temerem, pois os políticos safados que ai estão e direitos “humanos”, melhor dizendo, direitos dos vagabundos, os defendem e lhes dão todo o apoio para agirem como quiser.
    vergonha esse Brasil podre.paizinho de porcos.

  37. Ely Mendes Lopes Filho @ 2013-11-04 09:32

    Exmo. Sr. Deputado.

    Solicito V. Exa. especial atenção à sugestão de substitutivo ou emenda ao PL 3722/2012 que se encontra na Comissão de Relação Exteriores e de Defesa Nacional – CREDN, sugestão essa encaminhada pela Coalizão Pela Legítima Defesa http://www.pelalegitimadefesa.org.br , cujo relatório apresentado pelo Dep. Claudio Cajado, se aprovado, criará mais dificuldades ao cidadão honesto que tenha ou que pretenda ter legalmente uma arma de fogo para defesa, do que a draconiana Lei 10826/2003 (Estatuto do Desarmamento), relatório esse que se distancia ainda mais da decisão da população tomada no Referendo de 2005.

    Esperando contar com sua atenção, antecipadamente agradeço.

  38. Srs Deputados não permitam que o cidadão de bem seja empurrado para a ilegalidade ,para poder exercer o legítimo direito de defesa própria e de terceiros

  39. Alexandre Macedo @ 2013-11-10 18:32

    Minha arma esta legazizada na PoliciA fEDERAL, MAS DE TODOS OS MEUS FAMILIARES QUE POSSUEM ARMA SREGISTRADAS, APENAS EU ESTOU EM DIA, TODOS NÃO SUPORTARAM TAMANHA BUROCRACIA E NÃO RENOVARAM OS SEUS REGISTROS, JOGANDO-OS NA MARGINALIDADE PURA E SEMPLES MENTE COMO PENSA ESTE GOVERNO CORRUPTO E DITADOR QUE POSSUIMOS HOJE EM DIA, MAS AS ELEIÇOES ESTAO POR VIR, E ESPERO QUE O pt SEJA BANIDO DESSE PAIS E QUALQUER OUTRO PARTIDO QUE CONUNGUE DESSA ANTIDEMOCRATICA VISÃO DESARMAMENTISTA DE PESSOAS DE BEM.

  40. Geraldo Miguel @ 2013-11-14 14:20

    geraldo miguel @ 2013-11-14 13:52

    Your comment is awaiting moderation.
    CONCORDO PLENAMENTE COM O COMENTÁRIO ACIMA DE: MARCOS COIMBRA.em suma; a vida é o nosso BEM MAIOR,E O CIDADÃO ESTÁ MORRENDO INDEFESO. e parece que esta politicagem não leva o cidadão a sério. (SEM UM POVO FELIZ: NÃO EXISTE PAIS).saúde,segurança,o direito do povo e contole de preço. não é tão dificio assim!… a educação vai bem obrigado!

  41. Quem registrou arma e quiser renovar vai ver o quanto foi manipulado. As exigencias e os custos são absurdos. Sem contar na prova pratica , que é outra piada aqui na minha cidade.
    Você tem um tipo de pistola e tem de usar outra para o teste. Isto é absurdo.
    Viva o nosso Brazil e o PT .

  42. Rinaldo dos Santos @ 2014-02-07 10:24

    Há uma grande confusão proposital: lugar de bandido é na cadeia. O cidadão pode estar armado até os dentes e nada vai acontecer. Se ele usar a arma, cometendo um crime, torna-se bandido e deve ser preso. Ponto final. Não há, nem nunca houve motivo, para desarmar a população. O cidadão honesto “pode” cometer um crime; mas o bandido comete, com certeza. Pura hipocrisia desses Governos que ganham fortunas (no exterior) para aprovar Leis estúpidas que flagelam o povo brasileiro. País sem juristas dá nisso…

  43. Continuo propondo que se realize a :D ESOBEDIÊNCIA CIVIL!
    Chorar pelo filho assassinado aos 42 a.pronto para construir no Brasil fabrica de equipamentos eletrônicos,dando ao pais mais de 400 empregos…ninguém chora por mim,
    HA QUE SE LEMBRAR NOS PAÍSES COMUNISTAS ,UM DOS PRIMEIROS PASSOS,FOI DESARMAR A POPULACAO.,
    Nao posso aceitar ser impedido de proteger minha familia,já que esta provado a sociedade nao tem méios de fazê-ló em meu nome !
    Cícero

  44. Franklin Anagnostopoulos @ 2014-02-07 15:17

    Sou totalmente a favor do desarmamento voluntário. Quem não quiser ter arma que a entregue a um cidadão de bem como eu. Assim eu poderia ajudar em caso de perigo o pai de família que tem medinho de proteger a si e aos outros.

  45. Nilton Fidalgo Peres @ 2014-02-09 11:20

    eu proponho que a população brasileira se arme, legal ou ilegalmente.
    Essa política de desarmamento é serviçal aos detentores do poder. que tem acesso as armas. É um absurdo proibir o cidadão de ter e portar uma arma para se defender.
    Ignoremos essa lei absurda.

  46. Edvaldo Silva @ 2014-06-20 01:50

    As pessoas COMUNS acham que a CAMPANHA do DESARMAMENTO vai DESARMAR os BANDIDOS. ACORDEM !!! Esses COMUNISTAS querem DESARMAR as pessoas do BEM para deixar apenas os bandidos da mesma corja que eles ARMADOS.
    alguns segundos atrás · Curtir

  47. Gunther Retz @ 2014-07-15 15:59

    Eu não compro armas, não vou gastar numa arma que o Estado cedo ou tarde confiscará, mas a arma adquirida com registro vitalício, aquelas com o registro verde estadual comum até os anos noventa, não poderia entrar na regra dos três anos. O STF validou. Nada mais me surpreende. Eu poderia ficar horas xingando o Brasil como ele é, de nada adiantaria, tenho dupla nacionalidade e se o Brasil quer arder: que queime. Um internauta há muitos anos postou algo como “uma hora dessas aprovam uma lei obrigando a população a deixar as portas destrancadas para que os bandidos não machuquem os ombros arrombando-as”; outro, por volta de 2005, escreveu “já já fazem plebiscito para decidir se a sua casa deve continuar sendo sua”.
    Ah Brasil! Vai tomar no seu… bem tomado!
    E esses deputados ainda querem discorrer sobre o assunto? Não entenderam o plebiscito? Andam escutando muito Plebe Rude “estou rindo de você, estou rindo de você você, você não é ameaça para mim, depois acerto as contas com você”.
    Vontade de quê? Beijar, abraçar ou encher de tiros?
    País amaldiçoado.

Add your comment now


× 9 = trinta seis