logoPortalMS

A secretaria estadual de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) definiu hoje (23), através da portaria número 078, publicada no Diário Oficial, as normas de ação das unidades policiais para a efetividade da campanha do desarmamento em Mato Grosso do Sul, em razão do termo de cooperação firmado com o Ministério da Justiça. Conforme a portaria, a Polícia Civil irá promover as ações de arrecadação e registro das armas na forma que estabelece o Estatuto do Desarmamento, com a participação de todas as unidades operacionais, especialmente onde não há unidade da Polícia Federal

Clique aqui para ler o restante da notícia

Trackback

only 1 comment untill now

  1. Cadastre tua arma, fique dentro da lei, amanhã eles dizem que o recadastramento de cada arma seja 500,00 reais e aí tu que cadastraste fica com obrigação fiscal, rs… traduzindo, otário!

    O seu direito a ter arma ou virou instrumento de arrecadação ou seua normatização instrumento de inviabilização da efetivação do direito. Eu sei que não se pode confiar nesse governo, de modo que cada qual deve fazer o que achar certo, todos somos maiores de idade de senhores das nossas ações!

    Que falta que faz umas emendas constitucionais aos moldes do Bill of Rights! Mas adimitamos, não combina com o Brasil, somos tacanhos até na mentalidade, vamos adimitir…

Add your comment now


nove − 2 =