Prezados leitores do blog da Pela Legítima Defesa,

    [img:pompeodemattos.jpg,full,alinhar_esq_caixa]O deputado Pompeu de Mattos está precisando de nosso apoio. Ele colocou em seu site uma enquete que servirá como subsídio para a defesa do seu relatório. Precisamos votar nessa enquete e pedir aos nossos parentes, amigos e vizinhos que votem a favor das alterações propostas pelo deputado

    A votação da CPMF, a eleição do presidente do Senado, e a votação do orçamento de 2008, podem adiar indefinidamente a votação da MP 394/07 na Câmara.

    Enquanto isso, o deputado Jungmann está pressionando a CNBB e outras associações religiosas para apoiarem o seu projeto e conseguir outros apoios de movimentos de esquerda para derrubar o projeto do deputado Pompeo de Mattos.

    Vamos à luta!

    Para participar da enquete clique aqui. A enquete está no lado direito, na parte inferior da página.
    Atenciosamente
    Diogo Waki
    Coordenador Paulista da PLD

Trackback

10 comments untill now

  1. Helio Marroig de Mello Filho @ 2007-12-08 06:30

    Desde que o mundo é mundo, que se formou a sociedade mais primitiva, os homens empunham armas. Dos tacapes às AR-15 da atualidade, passando por flechas e garruchas recheadas de pólvora e chumbo. Assim evoluiu a humanidade e conquistou espaços.
    Todos nós tememos armas. Não aquelas nas mãos de homens de bem, mas sim das que se encontram à serviço da marginalidade e criminalidade, maltrapilha e de colarinho e gravata.
    Aos inescrupulosos petistas e simpatizantes, mercê de suas falaciosas e ignóbeis faces ideológicas, não basta um povo dócil e ignorante, berço da metástase desse câncer chamado comunismo, eternamente oportunista, parasitário e sorvedor. Têm que ser desarmado, também, o que prova que além de ladrões, canalhas e sem-vergonhas, a escória da esquerda não passa de um bando de poltrões. Ah, para que não paire dúvida quanto à palavra: “poltrões” não significa reunião de cavalos fortes e de pouco tempo de vida.

  2. Não precisamos retomar o período da idade média e muito menos dos séculos XVI ao XXI, para afirmarmos que existem muito mais interesses politicos e partidários, que anseiam uma tomada do poder, para isto lançando mãos do desarmamento da população civil, onde uma vez já debilitando as forças armadas, sucateando-as com armamentos obsoletos ficam mais expostas à uma ação de forças revolucionárias existentes nos países Sul-Americanos, entre eles a Venezuela, onde tem adquirido armamentos modernos e um arsenal de fuzis russos, para que finalidade? Um possível ataque das forças armadas norte-americanas? E, mais ainda, neste movimento todo está toda ação de corrupção dos homens fortes do governo,sendo que não se salva nenhum, no máximo, aqueles que ainda não aderiram ao ganho fácil. É lamentável que neste país, os curruptos e os corruptíveis, sabem que podem meter a mão na ‘burra’ da viúva, que nada lhes acontecerá, no máximo serem presos e ‘julgados’ para serem colocados em liberdade.

  3. Ricardo cristiano Massola @ 2007-12-08 09:12

    A manifestação da nosso povo foi dada nas urnas, mas os corruptos do Legislativo e Executivo passam por cima de nossa decisão pois sabem que nada lhes acontecerá.O desarmamento deve atingir os marginais, não a sociedade, as regras de aquisição devem ser rigidas mas nunca impeditivas..isso é uma vergonha, quero o direito de transitar armado, o Estado é incapaz de gerenciar a violência e também de atender os anseios do povo..Vergonhosa a atitude dessa fração que nos impede de exercer meu direito..sou cidadão..esperem a resposta nas URNAS na próxima eleição.

  4. claudio horita da silva @ 2007-12-08 13:22

    A Vontade do Povo nunca foi respeitada o Referendo está sendo constantemente invalidado por medidas, atitudes e comentarios que vão contra a vontade popular. Greenhalg, Marcio Thomas Bastos e outros já disseram “…perdemos nas urnas mas o desarmamento será feito, atraves de outros meios…”
    Infelizmente o TIRO ESPORTIVO vem sendo alvo dessas medidas. Visto sob otica politica, desarmar o povo é a garantia de permanencia no poder (entenda-se PT). A nova exigencia aos CAC´s com laudo do psicologo e Atestado de Habilidade Tecnica de uso de armas de fogo é totalmente arbitraria e favorece um determinado grupo: o dos psicologos.
    Não sou contra estes laudos, acho que demorou e muito para ter.Exigir isso para a Revalidação dos Registros é um total absurdo. Para a Concessão concordo plenamente.
    O meu medo é o precedente que isso abre: amanha vão dizer que devido ao perfil de determinada pessoa ser digamos “possui a tendencia a questionar”, ou “é um individuo explosivo” ou “a personalidade dele indica tendencia a desobediencia, regras… ” esta pessoa tera seu registro cassado ou negado ou suspenso. Alem do mais esse laudo é de carater pessoal, de cada pessoa não podendo jamais ser utilizada como criterio de seleção para qualquer coisa que o valha, é invasivo, motivo de exclusão, pois voce não muda tendo em vista seu carater ser formado por experiencias pessoais e ambientais. A unica pessoa a ter esse direito é a propria pessoa e não um orgão(s) publicos.
    Sei da necessidade destes exames para ingresso à carreira militar e policial. Fora isso é inaceitavel, daqui a pouco até as empresas privadas estarão exigindo isso como criterio de selecão de pessoal, já até ouvi dizer que tem. Fiz em algumas empresas uma parte desse tipo de teste. Alegar o que se isso ocorrer ? as devolutivas desses profissionais nunca ocorrem visto trabalharem para as empresas – portanto voce sempre ficara sem saber o porque foi excluido. Pode-se pedir ao profissional a devolutiva que nunca é o que eles escreveram no laudo, nunca mesmo, porque já aconteceu comigo, devem pensar que somos bobos. E ainda paga-se por isso. Absurdos e desrespeitos por parte destes profissionais tem ocorrido e ainda vai ocorrer, falta de alternativas para consulta a esses profissionais (eles tem que ser credenciados nos orgãos de segurança, porque ? psicologo é psicologo com ou sem credenciamento), opiniões pessoais emitidas por eles, cobrança fora da tabela do conselho de psicologia, etc, etc, etc.
    As Federaçoes e Confederaçoes de tiro ainda não fizeram nada a respeito, e pelo visto nada farão…ressalto que enquanto se preocupam com as coisas maiores estao nos comendo pelas beiradas e é aí neste ponto que os comentarios dos Ptistas fazem sentido.
    Medidas arbritrarias devem ser combatidas.
    Se pensarmos em elitizar nosso esporte aí sim esse tipo de medida é viavel. Pois separar-se-a ricos de pobres e ricos de classe média (que nem tem mais). Apoiaremos uma nova carreira a de psicologos que vão ser melhor remunerados. Haverá um “up” nesta profissão.
    Selecionar o joio do trigo é VITAL para o esporte. Mas deve ser feito de outra forma. Sempre que se favorece um grupo ou categoria outra é prejudicada.
    Ouço dizer que tem clubes que tem mais de 1200 socios ! talvez umas 20 sejam realmente esportistas. Agora vamos relembrar a historia… com a imposiçao do Estatuto do Desarmamento e da imposiçao das ALTISSIMAS TAXAS DE RECADASTRAMENTO, FALTA DE CONFIANÇA NO GOVERNO, ETC as pessoas se REFUGIARAM PARA O EXERCITO PARA MANTER O SEU DIREITO A PROPRIEDADE DAS ARMAS DE FOGO. Paralelamente para se ter um Registro no Exercito é necessario a declaraçao de filiaçao a um clube, federaçao, associaçao, confederaçao… de tiro. É obvio que ha um aumento na demanda de alguns clubes !!!! A agua quando represada tem que sair por algum outro ponto, isto é lei basica da fisica.
    E nós cidadãos de bem ficamos desguarnecidos mais uma vez.
    A unica conclusão que chego é que se honesto no Brasil é muito dificil e dispendioso.

  5. Claudoir Riepe @ 2007-12-08 16:01

    É inacreditável.
    Neste país os marginais e assaltantes são apoiados pelo governo que lhes dá cobertura através do Estatuto de Desarmamento do Cidadão Honesto.
    É o único no mundo onde o melhor lugar e o mais seguro para um traficante é a cadeia. De lá, ele chefia suas atividades sem sofrer ameaça direta de grupos rivais. O Estado com leis burras lhe dá cobertura.
    A própria polícia reconhece que não dá para isolar criminosos de alto risco com as atuais leis.
    Dessa forma atuam muitos políticos inescrupulosos criando leis que privam trabalhadores e pais de família de seus direitos à defesa, tornando a sociedade vítima indefesa da escórea que alguns insistem em chamar de humana.
    Bandido não vai deixar a arma em casa para não contrariar o Estatuto do Desarmamento.

  6. Julio C[esar Malinverni @ 2007-12-09 19:18

    O Governo e o Ministério da Justiça perderam o plebiscito e a credibilidade face às promessas não cumpridas, às fanfarronadas e intrujices costumeiras, e estão deslocando o foco da urgente necessidade de tomarem providências efetivas para oferecer segurança, educação, saúde, além de baixar os juros, promover o desenvolvimento e a geração de empregos para a população sofredora desta Nação.

    E O POVO…? O POVO QUE SE LIXE!… O cidadão PERDE a arma, vai preso e fica sem o sagrado direito à legítima defesa, sem o direito adquirido. Que se que se defenda a “soco” dos bandidos, porque estes continuam armados.
    E o Governo? Há… O governo. O Governo lava as mãos e não oferece nenhuma segurança ao cidadão..!
    Talvez ache que, agindo assim, tomando armas adquiridas legalmente de cidadãos honestos, vai acabar com a desesperadora e crescente criminalidade em nosso País.
    Tudo isso, sob o acriançado pretexto de que a ARMA poderá “disparar” e ocasionar acidente!… Ora, meu amigo, acidentes podem ocorrer quando se anda de bicicleta, de motocicleta, de automóvel, de avião, na tomada da luz, por um raio e/ou até por um “escorregão” no banheiro!…
    Nem por isso podemos prescindir do conforto e dos benefícios desses melhoramentos.
    A VERDADE É QUE ARMA, PARA DISPARAR, SÓ SE FOR ACIONADA POR ALGUÉM; ARMA NÃO DISPARA SOZINHA E, POR SI SÓ, NÃO MATA NINGUÉM!…. BANDIDOS não adquire R-15 nas lojas!…
    HAVENDO CONDIÇÕES E INTERESSE, PODEM DIVULGAR.

  7. Julio C[esar Malinverni @ 2007-12-09 19:31

    O Governo e o Ministério da Justiça perderam o plebiscito e a credibilidade face às promessas não cumpridas, às fanfarronadas e intrujices costumeiras, e estão deslocando o foco da urgente necessidade de tomarem providências efetivas para oferecer segurança, educação, saúde e promover o desenvolvimento e a geração de empregos para a população sofredora desta Nação.
    E os Direitos adquiridos, garantidos pela Constituicao aos brasileiros, que compraram, legalmente, suas armas?… O cidadão não pode PERDER a arma, ir preso e ficar sem o sagrado direito à legítima defesa. Vamos manter a luta, cumprimentando os nossos Deputados. Eles serão aqueles que defendem os nossos direitos à legítima defesa. Tomando armas das pessoa honestas, não vão acabar com a criminalidade.

  8. Saulo Porto de Oliveira @ 2007-12-10 11:20

    Votei contra o Desarmamento do povo brasileiro e sou favorável à legítima defesa. Ocorre, porém, que os problemas sociais de segurança pública estão sendo atacados de forma trivial. Uma vez que não é dado ao povo o direito à vida com dignidade: com saúde, educação, conforto, trabalho justo, etc…torna-se leviano querer tirar do cidadão o diretiro de ser sujeito. Eu quero ter o direito de conhecer as armas (sejam de fogo ou não)também e de saber utilizá-las para defender a minha vida e a da minha família, principalmente. Quero ter o direito de ter respeito por parte dos outros ou de quem pretende nos afligir. Viver na Terra está cada vez mais difícil: é uma luta sangrenta pela sobrevivência! Da mesma forma ocorre no plano espiritual, quando o Apóstolu Paula nos explica de que é necessário vestir a armadura para enfrentar este outro tipo de guerra. O própio Deus é um Deus de paz mas de guerra também, de amor e de vingança! Peço ao nobre Deputado Pompeu de Mattos que avalie as citações blíbicas neste sentido, porque Deus está do lado do homem de bem, do homem justo e toda linguagem da Blíblia, ou seja, a Sua palavra nos revela um Deus de guerra, de defesa, de ira e que pelo bem do seu amor não mede esforços para salvar sua criação. A sua palavra é sua espada também! Finalmente, uma vez desarmados não poderão resistir. Sejamos bravos!

  9. Claudoir Riepe @ 2007-12-11 15:52

    Vemos através dos meios de comunicação que toda vez que ocorrem massacres com arma de fogo vem em seguida uma avalanche de idéias pregando o desarmamento da população.
    Não sei se é omitido de propósito, mas o fato que ninguém lembra é que as vítimas não puderam se defender porque estavam desarmadas. Muitas vezes o assassino permanece por 5, 10 minutos ou mais tempo atirando até a chegada da polícia. E se ele estivesse num lugar onde várias pessoas estivessem armadas? Com certeza seria abatido em questão de segundos.
    Não há como impedir que pessoas desequilibradas tenham acesso a meios de matar.
    Foi o caso do Japão, que tem um rígido controle sobre armas, há um tempo atrás, alguns lunáticos usaram gás sarim numa estação de metrô, matando e ferindo várias pessoas.
    Toda vez que temos uma sociedade desarmada ocorrem massacres. É só lembrarmos dos judeus na Alemanha.
    Quando conseguiram algumas armas, aconteceu o Levante do Gueto de Varsóvia, onde com poucas armas, pessoas despreparadas e munição escassa fizeram frente ao exército de Hitler. Foram vencidos? Sim, mas provaram ao mundo que se tivessem tido acesso à armas para se defenderem a história seria bem diferente.

  10. Patricia A C Souza @ 2010-02-15 20:10

    Até bem pouco tempo eu era literalmente contra o uso da força, da violência, da tortura, da selvageria ínsita no homem. Até que a vida, a evolução dos tempos, a banalização da moral e dos bons costumes, lei imperante na Inglaterra e não escrita, mas obedecida, e tantos outros fatos grotescos pululando na telinha da TV, na pracinha onde brincam crianças, aposentados jogam seu baralhinho, nas festinhas regadas a todo o tipo de droga e praticamente vendo adentrar minha vida toda essa porcaria, só pude vislumbrar uma forma de por um basta nessa avalanche toda: já que não posso empunhar uma AR-15, uma 38 ou mesmo um porrete, lancei mão do meu voto favorável ao pleiteado pelos líderes da PLD. “Senta a pua!”

Add your comment now


× 5 = dez