A Associação dos Oficiais da Reserva da Polícia Militar de SP entregou 30 armas de diferentes calibres e munições para serem destruídas na Campanha do Desarmamento. As armas e munições estavam em um cofre na sede da instituição.
http://www.prefeitura.sp.gov.br/portal/a_cidade/noticias/index.php?p=41863

9 de Dezembro de 2010 – 17:03
A Associação dos Oficiais da Reserva da Polícia Militar do Estado de São Paulo (AORPM) entregou 30 armas de diferentes calibres e munições para serem destruídas na Campanha do Desarmamento organizada pela Secretaria Municipal de Segurança Urbana (SMSU) junto com a Guarda Civil Metropolitana (GCM) e outros parceiros.

O ato solene aconteceu na Rua Tabatinguera, em São Paulo, na biblioteca da entidade onde abriga publicações, fotos e peças históricas da policia militar e da primeira Guarda Civil do país. Peças raras e históricas, como uma foto do Inspetor Chefe Regional, Maestro e fundador da Banda GCM, Américo Mincarelli, que compôs a Letra e Música do hino da corporação.

Segundo o tenente Oswaldo Evangelista do Nascimento, ex-inspetor da GCM da primeira turma em 1986 e comandante das unidades de Itaquera, Penha e São Miguel, algumas armas são raríssimas, como uma garrucha Winchester de 1892.

“Estas armas e as munições estavam no cofre da nossa associação e vinham sendo entregues por familiares de militares que faleceram e agora, entrego para a Campanha do Desarmamento através do Inspetor Rubens Trapia, comandante da da GCM para região Central da Cidade”, disse o tenente Nascimento. Para o major Dércio Chiconelo (1º diretor de ensino da GCM), “esta instituição é muito querida por todos nós”.

, ,
Trackback

4 comments untill now

  1. Incrível, nem os agentes de segurança presam a preservação e história de seus instruemntos de trabalho. E ainda se acham bons samaritanos…

    Ai meu pai… este país esta perdido mesmo com este tipo de agente de segurança pública que mantenha esta mentalidade medíocre.

  2. Que tristeza! Esse país é uma decepção, um povo vocacionado para ser “gado”! Eduardo

  3. LEANDRO SOARES DA SILVA @ 2010-12-20 21:05

    Ridiculo, quem entrega armas históricas para destruição, no minimo não mais poderia se olhar no espelho, e amargar esta vergonha para o resto da vida.
    Armas antigas não abastecem o crime, são a prova viva da inteligencia humana em relação ao que o homem pode aprimorar as invenções do passado.
    Envergonhem-se os desarmamentistas.

  4. Rodolpho Villas Boas Neto @ 2010-12-21 20:27

    O Brasil só pode ser um Castigo Severo .ou o Proprio
    Inferno na Terra . Se paracem para Investigar e percebe-sem os Interreses Internacionais Atraz destes Desarmamentistas Malditos (Como as Ford Foudation, Soros Foundation, Embaixada Americana, Oxford International, Volkswagem etc….) e o que eles são de verdade este amaldiçoado Estaburro do Desarmamento Jamais teria nos Vitimado

Add your comment now


cinco − 4 =