(Fonte: http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20091016/not_imp451309,0.php )

Sexta-Feira, 16 de Outubro de 2009 | Versão Impressa

Estudo sobre desarmamento expõe descuido e despreparo dos Estados

Vannildo Mendes, BRASÍLIA

No maior levantamento sobre o controle de armas já realizado no País, a Câmara dos Deputados e a ONG Viva Rio chegaram a constatações preocupantes: o Brasil continua cultivando a cultura da violência, a maioria dos Estados não tem compromisso com o desarmamento e a polícia, em geral, é despreparada. A tal ponto que, de um total de 238.311 armas apreendidas nos últimos 10 anos, só 50 mil estão em condições de serem rastreadas desde a fabricação até o momento em que caíram na ilegalidade, tamanho o descuido na apreensão e acautelamento.
(…) Brasília foi a menos ruim, porque a situação nacional é sofrível.

A seguir na lista vêm Rio e São Paulo. Na outra ponta, os piores resultados foram para os Estados de Amapá, Sergipe, Amazonas, Roraima, Santa Catarina e Minas.

(…) “No geral, os governos estaduais não dão prioridade ao controle, falta consciência da relação direta entre a posse de armas e a violência urbana”, lamentou o deputado Raul Jungmann (PPS-PE), presidente da subcomissão, que coordenou o estudo em parceria com a ONG.

(…)

O estudo estima que existam no País 17,6 milhões de armas de fogo em circulação, das quais 10,1 milhões em situação ilegal. Dessas, 6 milhões seriam usadas pelo crime organizado e 4 milhões estariam em mãos de cidadãos comuns, mas sem registro. Apenas 2 milhões estão em poder da segurança pública e das forças armadas, além dos profissionais de segurança privada. O levantamento é parcial e a conclusão está prevista para fevereiro.

(Comentário da PLD: Matemática complicada essa! Vamos ver se entendi: “O levantamento é parcial”, mas sabem que há, no total “17,6 milhões”!

Mas se somarmos…, vamos ver: 10,1 milhões ilegais + 2 milhões as legais (exército, segurança pública, segurança privada)= 12,1 milhões. Faltam 5,5 milhões de armas. Bem, estas estariam nas mãos dos homens honestos e devidamente registradas e sob controle… Deve ser…

Eu não sabia que eles já haviam conseguido registrar tantas armas!)

ESTATUTO

Sobre o Estatuto do Desarmamento, em vigor desde 2003, o estudo notou várias deficiências. Uma delas é que os policiais, na maioria dos Estados, estão despreparados para o registro de armas apreendidas. (…) Estado mais bélico do País, com grande quantidade de armas em mãos de bandidos, o Rio, (…).

O Estado de Sergipe, apesar de deter elevados índices de violência, mostrou total desprezo pela campanha. (…) Considerado Estado rico, com um dos melhores índices de desenvolvimento humano (IDH) do País, Santa Catarina, segundo o levantamento, também ignorou a campanha, sonegando informações ou demonstrando pouco compromisso com a causa. O Amapá também não mandou informações, mas reconheceu as deficiências e a completa desestruturação para o controle de armas e teve a “humildade” de pedir ajuda federal.

Clique aqui e leia na íntegra a notícia.

, , ,
Trackback

5 comments untill now

  1. Igor Foggiatto @ 2009-10-16 10:41

    Acho que isso ta virando uma cruzada.
    Querem impor a vontade deles que tem seguraça armada, e tem dinheiro para arcar com tal a todos os cidadãos do pais.
    Acho que eles devem se preocupar em como entrou uma metralhadora .50 em territorio paulista para assaltar o carro forte conforme noticiado por este site.
    Afinal vejamos:
    Se a referida arma entrou pelo paraguai teve de atravessar no minimo 2 estados.
    e a arma referida na materia acredito eu que nao seja de pequeno porte.
    E como nossas forças de segurança poderão reagir a esse tipo de ameaça??
    Mas acho que os direitos humanos estão mais preocupados em preservar a vida de nossos tao “estimados” Bandidos

  2. Plinio de Marco C. Jr. @ 2009-10-16 11:01

    CÂMARA DOS DEPUTADOS+VIÚVA+ONGS DE DIREITOS DE BANDIDOS=PURA BESTEIRA FINANCIADA POR UM GOVERNINHO
    COMUNA!!!!!

  3. Edgar A de Godoi R Pinto @ 2009-10-16 12:47

    Essa gente insiste em sataniza as armas. Na realidade, seu grande intento é convencer os homens de bem, a abrirem mão do direito à “legítima defesa”. Porque será? Pela teimosia deles, deve estar “rolando” muito dinheiro, ou muito “poder”!

  4. Sou morador da cidade de Amparo/SP; e como as pessoas decentes que também moram aqui, vemos diariamente a deteriorização de tudo na nossa, outrora bela, hoje malfadada, flor da montanha.São quase nove anos de adiministraçao do PT, e por aí os amigos podem ter uma idéia.Se faz tudo, menos o que interessa ao bem estar dos munícipes pagadores de impostos. Se da para complicar, para que facilitar, parece ser o lema da governança municipal, que encontra seu eleitorado nos bairros pobres da cidade.As pessoas que governam hoje nossa querida Amparo , só tem teempo para imbecilidades e para suas idéias delirantes e é claro falar mal do governo do estado.
    Qto ao episódio do assalto,esse fato só veio ilustrar a situação periclitante em que nos encontramos, não só aqui, como em todo estaado e no país. Não sei se era mesmo uma .50 BMG, acho difícil, pois como sabemos tal arma só pode ser utilizadaa fixa a um veículo ou reparo. Contudo tendo os marginais utilizado ou não, tal arma, ñ é de todo relevante,se foi mesmo utilizada, é mais temerário ainda. Mas o que preocupa mesmo, é a total falta de preocupação dos bandidos….Estrada de muito movimento,praticamente uma avenida,horário de pico, ser parada durante dez minutos?!?!?! Da para se imaginar o estado das coisas.Escrevo esta mensagem,sábado, 17/10, pouco depois de voltar de um almoço num restaurante local, as ruas fervilham de gente, desrespeito nas ruas, cada um por sí, gente fazendo o que quer, o que bem entende.Sabe quantas viaturas policiais eu vi?Zero

  5. Rastrear armas é uma besteira e sua participação na solução de crimes é ínfima quanto mais no Brasil que não é nem capaz de fazer um investigação qualquer.

    Ademais o risco de abusos governamentais não vale os possíveis benefícios investigativos.

    Rastrear as armas para que?

    Mas digamos que o Brasileiro não consiga avançar e logo não consiga aceitar a idéia de um não rastreamento, então pelo menos que se o permita o acesso a armas e munições de qualidade aí há alguma coisa a se rastrear, porque desarmados como estamos não há de fato o que se rastrear…

Add your comment now


8 × = setenta dois