Sobre o artigo “Controle de arsenal de atiradores é questionado” publicado no Estadão de 29/04/2010, página C3.

A ong “Sou da paz”, financiada pela Fundação Ford e pelo governo federal para promover o desarmamento civil no Brasil, agora foca o setor mais fiscalizado do país, ou seja, colecionadores, atiradores e caçadores registrados no Exército Brasileiro. Em nenhum momento se insurge contra o tráfico internacional de armas ou prega o desarmamento dos criminosos.

Num universo de 8,1 milhões de armas legais, se insurge contra um segmento que possui 0,02 % de armas, das quais 90% são peças de coleção cujas munições não são mais fabricadas, ou seja, as 154,5 mil em nome de colecionadores, atiradores e caçadores.

O motivo. Estiveram na frente de batalha no referendo de 2005 e continuam atuando contra as pretensões totalitárias dos desarmamentistas.

A reportagem dolosamente joga na vala comum dos criminosos, um segmento sério e extremamente fiscalizado da sociedade.

Das mentiras divulgadas, alegam que a polícia não tem acesso aos dados do Exército. Então, como chegaram ao total de 154,5 mil em poder desse segmento?

Também “souberam” de um – repito um (1) – caso envolvendo colecionador que fornecia armas ao crime organizado. Se não houvesse pronto atendimento do Exército na investigação que envolva alguma arma sob seu controle, auxiliando a polícia, como “souberam” dessa informação?

Tentam enganar a população ao afirmar que o estatuto do desarmamento possibilitou as apreensões de armas ilegais pela polícia. Outra agressão à verdade, pois a legislação anterior já tipificava como crime a posse e o porte ilegais de armas.

O presidente dessa organização, Denis Mizne, hábil em interpretar estatísticas conforme lhe convém, distorce os fatos quando afirma que o estatuto do desarmamento foi uma aspiração da sociedade brasileira. Teria ele esquecido do resultado do referendo de 2005, onde 64 % da população disseram NÃO à proibição, repudiando a lei que não desarma os criminosos?

Também ofende o Exército Brasileiro ao afirmar que os CACs “estão sujeitos a controles frouxos”, e ainda afirma que os CACs são “intocáveis”. Mentira! O Exército fiscaliza anualmente todos os CACs, sendo que nenhum destes conseguirá renovar seu registro junto a esta instituição, se tiver algum antecedente criminal, perdendo seu acervo no caso. Todos tem que ter ficha limpa.

Todos que cumprem a lei deveriam ser intocáveis, mas não há defesa contra o arbítrio de um estado policialesco.

As propostas que pretende apresentar para modificar a lei e atingir somente o cidadão honesto já tramitaram recentemente pelo Congresso e foram todas repudiadas pela inutilidade.

Neste mesmo caderno deste mesmo jornal, há algumas semanas passadas, era divulgado o aumento dos homicídios em todo o país a despeito do tal estatuto. Somente no estado de São Paulo o número de homicídios vinha caindo desde 1999, portanto antes da aprovação dessa lei em 2003, unicamente por conta da atuação firme da Polícia Militar. Nenhum elogio a Policia Militar constou da matéria. No entanto, no último trimestre, o número de homicídios voltou a aumentar.

A verdade é que a criminalidade vem aumentando. Roubos a residências, seqüestros relâmpagos, latrocínios, estupros, homicídios, etc. Portanto a Lei 10826/2003 beneficiou extremamente os criminosos, praticamente extinguindo a periculosidade de suas ações, pois sabem que a população honesta está desarmada e indefesa.

Acreditamos que nossos parlamentares têm assuntos e projetos mais urgentes e importantes para tratarem do que tornar o cidadão mais indefeso ainda.

Também confiamos plenamente na capacidade, na competência, no respeito à lei e na honestidade do Exército Brasileiro no cumprimento da função fiscalizadora do setor, devendo assim permanecer.

Portanto, “corajosos” desarmamentistas de cidadãos honestos e pacatos, vão desarmar os criminosos, combater o tráfico internacional de armas, se tiverem coragem, e deixem os que cumprem a lei em paz.

Tanto as oligarquias quanto os tiranos temem o povo, por isso confiscam suas armas”. Aristóteles.

JOSÉ LUIZ DE SANCTIS

Coordenador Nacional da PLD

OBS: esta análise está sendo enviada a todos os deputados e senadores.

, , , , ,
Trackback

18 comments untill now

  1. “QUANTO MAIS CORRUPTO UM GOVERNO,MAIS LEIS CONTRA A POSSE DE ARMAS”
    CORNELIO TACITUS, HISTORIADOR ROMANO,EM 116 DC.

  2. Nenhum politico que apoiar isso receberah meu voto.

    Deixo aqui manifesto meu apoio total pelo que o Pela Legitima defesa combate!

    Essa turma estah muito errada.

    Estao querendo ir contra a voz do povo.

    Farei tudo que puder para convencer as pessoas a nao votar nos politicos errados.

  3. Armas de fogo sempre estarão ao alcanse de quem puder pagar por elas; com ou sem sem rigor no controle das mesmas, com ou sem ONGs imbecis e utopistas e mesmo sob ditaduras civis como a que vivemos atualmente, quem tem dinheiro compra tudo: Autoridades, drogas, crianças para a prática de pedofilia e inclusive Denis Mizne e Rúbens Cesar Fernandes Andrade.

  4. Carlos Andrade @ 2010-05-02 12:49

    Meu sonho é que um só político pegasse a febre aftosa. Assim, com raríssimas exceções (no máximo dois ou três) eles teriam de ser sacrificados.

  5. Leonardo de Macedo @ 2010-05-02 13:55

    Todas essas ONGs visão o lucro. São instituições criadas em cima de temas controversos como violência e armas de fogo, visando receber dinheiro de outras instituições para mentir e manipular os fatos. O balanço da Sou da Paz foi de mais de 4 milhões em 2008. Agora me pergunto… Para onde vai todo esse dinheiro ??? Nosso famoso Viva Rio, deveria ter sido alvo de investigações por tanta mentira, acusações falsas e desvio de dinheiro por parte dos dirigentes. Resumindo… Quem paga as contas, é sempre o cidadão de bem !!! Os verdadeiro marginais, são os que se aproveitam da violência para arrecadar dinheiro com fatos e dados manipulados e mentirosos !! Uma vergonha !!! Leonardo de Macedo – RJ

  6. Porque não fazem uma fiscalização de verdade nestas ONG’s de mentira e descobrem para onde vai o dinheiro dos nossos impostos?
    Está é a tipica ONG criada para inventar um problema que não existe, criar polêmica e não resolver nada. Depois a grana some…

  7. Jefferson Jr @ 2010-05-02 16:06

    A culpa é nossa! estas “organizações não governamentais” que recebem dinheiro público para este tipo de atividade antisocial devem ser melhor fiscalizadas. Se esta “Sou da Paz” chegou a brilhante conclusão de que os colecionadores de armas são os culpados pela violência armada, percebe-se o quanto inútil, irresponsável e leviana são as suas pesquisas sobre a violência. Cabe a nós, como pessoas esclarecidas e capazes, exigimos esclarecimento sobre as contas destas empresas e denunciarmos ao Tribunal de Contas as irregularidades que obviamente devem existir neste tipo de organização que, justamente por não fazer nada, tem que usar um discurdo folhetinesco para justificar sua existência e repasse do governo federal. Também é nosso dever não comprar veículos FORD e mandarmos uma carta para esta infeliz montadora criticando a sua política anti-social ao financiar pessoas de muito pouca inteligência, insuficiente disposição para o trabalho e decidiosa atuação no combate a violência.

  8. George Dimitri Antoniadis @ 2010-05-02 17:51

    Parabéns Srs! Mais uma denúncia excelente! Sou da Paz é mais nefasto que a KGB, Gestapo, etc… eles também quiseram desarmar o cidadão honesto… Será que a imbecilização do Brasil chegou ao mais profundo abismo?! Ou teremos uma resposta nas urnas como a que foi dada no REFERENDO?… (Que parece nem ter existido… é claro: para eles a derrota não se registra…) desonestidade itelectual… são mestres na mentira. Abraços e congratulações. Dimitri

  9. HILDEBRANDO FERREIRA @ 2010-05-03 08:03

    O que tem a combater é o crime organizado de dentro pra fora das instituições que oferecem o disfarce através dos seus crachas, povo de bem tem que possuir o seu meio de defesa em seu trabalho na sua casa no sítio ou na fazenda, estamos a merce dos criminosos e pagamos o preço por isso, pois aqueles que não lutam pelo seus direitos não são dignos deles.

  10. Ronaldo Ausone Lupinacci @ 2010-05-03 08:35

    Sugiro a divulgação dos nomes dos candidatos a senador e deputado federal favoráveis e contrários ao desarmamento civil para esclarecimento em vista das próximas eleições. Os candidatos à presidência e à vice-presidência, provavelmente são favoráveis ao desarmamento, mas isso também deveria ser divulgado. Em eleições anteriores fiz o possível para tirar votos de todos os desarmamentistas e vou fazer o mesmo agora.

  11. segundo lauri @ 2010-05-03 08:38

    Notem que os bandidos frequentemente se cumprimentam dizendo “Paz e Liberdade”.
    Tenho certeza que é esta “PAZ” que esta ONG perversa defende.
    A paz dos bandidos e daqueles que não respeitam lei alguma, só respeitam a força.

    FORA ONG SOU DA PAZ!!!!!!

  12. Desculpe a crítica ao José Luiz de Sanctis, mas achar que os colecionadores e atiradores ficariam livres da sanha desarmamentista desta corja que esta aliada ao atual governo brasileiro é uma inocência.
    É claro que a metralhadora de mentiras e falseiamentos desta turma se viraria para este lado.

    Também acho pífio o tratamento destinado a este tal Misne e sua ONG fajuta, este canalha mentiroso e safado tem que ser assim tratado, sem eufemismos.

    Se fizermos uma estatística do que pagamos de imposto e que retorna nos convenceríamos que não devemos pagar impostos todavia ninguém quer fazer tal estatística enquanto isto se enveredam por fazerem estatísticas fraudulentas, mal tabuladas e mal elaboradas inclusive com interpretações capciosas e mentirosas.

    Enquanto o cidadão não recuperar seu direito a possuir e portar armas, fazendo regredir esta invasão em seus direitos naturais ninguém estará seguro pois enquanto permanecer a injustiça para uns é porque existe campo para injustiça para todos, logo o direito de ninguém esta assegurado.

  13. Marcelo Oliveira @ 2010-05-03 22:54

    E depois querem que os colecionadores confiem em anistia para suas armas antigas não registradas…O colecionador acabará virando um criminoso por conta de não desejar ver suas preciosidades, verdadeiros artefatos históricos, serem esmagados por um rolocompressor juntamente com os .38 dos bandidos…Dessa forma não vão registra-las!!!Absurdo essa ONG!!! Parabéns a todos e principalmente ao autor/ mediador.

  14. Rodolpho @ 2010-05-04 01:23

    Nada mais são estas famigeradas “Ong,s” que um ajuntamento de Ladrões , Oportunistas,Bandidos , Narco Traficantes, Assaltantes,Estupradores, Pedófilos,Sequestradores,Comunistas,Invassores de Propriedades Alheias e etc são estes MALDITOS (Com diploma de “Sociologia”) os Verdadeiros Culpados do Caos no Brasil.
    Liderados por politicos marginais Duas emissoras as Piores que existem em um mesmo páis a Onu a fmigerada Onu! Um ex presidente “maconheiro” que defende a Legalização do consumo de drogas. mais por outro lado quer proibição total a venda de Armas a Cidadães Integros e Honestos e Trabalhadores com Moradia e Ocupação Licita como são os Atiradores Desportivos os Cac,s, e etc… fora o atual presidente um analfabeto
    que talvez só descubram os seus inumeros des serviços a Patria quando tal ja estiver se decompondo embaixo do solo. esta é a triste historia de um pais Imbeciizado que ainda fala de samba e copa do mundo
    Infelizmente nasci no Brasil

  15. Roberto mercurio @ 2010-05-04 09:15

    Em nenhum lugar do mundo a policia pode nos proteger,
    quando mais precisamos dela.
    Jesus cristo e Espirito e nao tem como parar uma bala.
    O meu Deus na terra e:Deus Taurus;Rossi;Colt;entre outros.

  16. Existe uma máfia mundial que manda no PLANETA que tenciona desarmar a população, principalmente dos países livres. Eles objetivam fortemente instalar anarquia para depois escravizar o mundo. Eu admiro é a FORD que já quebrou a cara na época do HITLER, agora teimar novamente em se atrelar aos grupos do mal.
    É preciso uma conscientização urgente do povo brasileiro com relação aos rumos que estamos tomando.
    “O mundo não está ameaçado pelas pessoas más, e sim, por aquelas que permitem a maldade”. Albert Einstein
    Abaixo a ditadura política, JÁ!

  17. a lei 10826/03 diz que e direito dos militares das forças armadas o porte de arma fora do serviço mais deixa uma brecha aonde diz que fica a consseçao do comando a liberaçao do mesmo quando nossas autoridades vao nos respeitar de verdade nós já não somos mais á queles ditadores do passado ñ podemos ser perseguidos nem tão pouco penalisados por um crime que ñ cometemos obrigado pela oportunidade.

  18. Quero deixar registrado o meu nojo contra estes empedernidos ativistas anti ármas! O dia em que forem banidas todas as armas de fogo do planeta, quero ver eles acabarem com todos os paus e pedras da superfície da Terra.
    Nota: “Prefiro ser julgado por sete do que ser carregado por seis”.

Add your comment now


× seis = 48